É como se você meu baú, e todos os meus segredos eu sei que estão seguros guardados nele

 


(Fonte: meigalizou)

Ela é uma moça de poses delicadas, sorrisos discretos e olhar misterioso. Ela tem cara de menina mimada, um quê de esquisitice, uma sensibilidade de flor, um jeito encantado de ser, um toque de intuição e um tom de doçura. Ela reflete lilás, um brilho de estrela, uma inquietude, uma solidão de artista e um ar sensato de cientista. Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo. Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Ela tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna.
Caio Fernando de Abreu. (via recontador)

(Fonte: texxxtos)

A gente ia ser feliz, a gente ia ser um do outro, a gente ia … ia… ia… E não foi.
Cidades de Papel.  (via pronuncio)

(Fonte: soldoceano)

i am the most stressed out laziest person ever i don’t even know how i do it



(Fonte: lovehouse)

No one has ever made himself great by showing how small someone else is. - Irvin Himmel
TheDailyPositive.com (via thedailypozitive)
Amo tanto, tanto, tanto, que te deixo em paz.
Tati Bernardi. (via recontador)
Mas gostar não serve pra nada, se você gosta sozinho. É como ter um limão, sem nenhuma tequila por perto.
— Soulstripper. (via desvaneceram)

(Fonte: recontador)


(Fonte: itcuddles)

Hoje eu saí de casa tão feliz, que nem me lembrei que em algumas horas a tristeza bate, me sacode e me faz sentir dores.
Caio Fernando de Abreu.  (via esclarecer)

(Fonte: sou-inseguro)

Aviso: eu não sou legal. Não gosto de gente burra, que força intimidade nas primeiras conversas e de repetir a mesma coisa duas vezes ou ter que responder perguntar óbvias até pra uma porta. Não me apego a praticamente ninguém… Mas quando me apego, é pra valer. Sou o tipo de amigo que não tá sempre bem, mas tá sempre junto. Sou facilmente conquistado pela boca. Tenho mania de corrigir os outros (e ficar puto quando sou corrigido), ironizar tudo — o tempo todo — e sou bem chatinho.
Eu gosto de cafuné, dormir de ladinho e de chupões no pescoço.
Outra coisa: uma dose de grosseria é sempre bom.
Vinicius Kretek. (via recontador)

(Fonte: insanedd)